O que NÃO sinto falta do Brasil

Olá caros leitores! Decidi fazer um contra-ponto do meu post anterior (O que mais sinto falta do Brasil) e relatar o que não sinto falta do Brasil!

Primeiramente gostaria de ressaltar que adoro meu país, mas foram coisas como as que irei listar aqui que me fizeram decidir mudar de país e viver no Canadá. Não pretendo listar tudo aqui mas sim uma breve lista dos principais pontos que não sinto a menor falta!

Falta de segurança / Violência

Tendo vivido e trabalhado em grandes centros, incluindo São Paulo, não poderia deixar de falar em violência. Infelizmente o país hoje está tomado pela violência nas grandes cidades e matar para roubar se tornou quase que insignificante para os bandidos. Arrastão, sequestro relâmpago, assalto à residências (mesmo em condomínios fechados!), a cada dia vemos mais e mais casos nos noticiários ou mesmo em conversas com conhecidos.

Não digo nem acho que o Canadá seja perfeito e livre de violência, mas certamente os índices daqui são infinitamente inferiores aos do Brasil, sendo inclusive considerado um dos países mais seguros do mundo. Para se ter uma ideia as notícias de crimes aqui onde moro, quando acontecem, relatam roubo de bicicleta! (Isso mesmo, e é noticiado no jornal!).

Aqui consigo andar seguro a qualquer hora em qualquer lugar. A sensação de segurança não tem preço.

“Jeitinho brasileiro”

Está aí mais uma coisa que eu abominava quando morava no Brasil. O “jeitinho” no sentido ruim da palavra. Não estou falando aqui do jogo se cintura que realmente faz do brasileiro um povo versátil e adaptável, mas falo sobre o famoso “jeitinho”, aquele “por fora” que oferecemos ao guarda ou que ele mesmo pede sem nenhum constrangimento, aquele “gato” na TV a cabo, aquela receita que não declaramos no imposto de renda, etc. Pessoal não estou generalizando de forma alguma! Mas no meu convívio ouvia muitas histórias e relatos!

Aqui regra é regra. Na verdade acho que é muito cultural. A cultura daqui é fazer as coisas certas. Existe aqui uma forte cultura de confiança nas pessoas e nas entidades. A “presunção da inocência” levada ao cotidiano.

“Presunção da inocência: Todos são inocentes até que se prove o contrário”

Sabe aquela pulga atrás da orelha de achar que alguém está querendo tirar vantagem de você? De conferir o troco 2-3 vezes para ter certeza que está certo? Isso aqui não é comum. Claro que existem pessoas de má fé (até mesmo porque existe um fluxo grande de imigrantes no país), mais essa não é uma regra mas sim exceção.

Falta de pontualidade

Sério pessoal, nada pior que marcar um compromisso e chegar atrasado. Isso aqui é visto como uma imensa falta de respeito!

O brasileiro de forma geral nunca respeita horário. Desde um almoço, churrasco, festa, reunião, casamento! A alguns anos estive em um casamento que, acreditem, atrasou mais de 3 horas por conta da noiva! Completa falta de respeito com os convidados! Médico: por que marcam um horário se normalmente você terá que esperar ao menos uma hora para ser atendido?! Agora chega você atrasado no médico!

Confesso que tive e ainda tenho que me policiar às vezes pois é comum eu ter reuniões que acabam durando um pouco mais e atrapalha o compromisso seguinte, então nunca marco nada num intervalo inferior a 30 minutos.

Corrupção e alta carga tributária

Não tem falar de um sem falar do outro! Os altos impostos que pagamos no Brasil não servem apenas para suportar a pesadíssima máquina do governo. A corrupção no Brasil é algo fora da realidade. Novamente não sou ingênuo de acreditar que aqui não tem corrupção, mas a forma como são tratados os casos e o nível de corrupção são completamente diferentes. Para termos uma ideia, mês passado dois deputados estaduais daqui foram afastados provisoriamente por suspeita de abuso nos gastos de viagens deles. Simples assim: tem alguma suspeita, afasta provisoriamente até que sejam esclarecidos os fatos. Corrupção aqui é coisa séria, tratada como crime passível de prisão.

A carga tributária no Brasil é algo surreal quando vemos o benefício que nos traz. Não temos a maior carga tributária do mundo mas sim a mais ineficiente gestão dos recursos! Pagamos imposto para tudo e muitas vezes pagamos mais de uma vez pelo mesmo “benefício”. Veja quanto custa em impostos e taxas ter um veículo próprio no Brasil: licenciamento anual, IPVA anual, seguro DPVAT anual e ainda precisa ter um seguro privado anual… isso sem contar nos impostos embutidos nos combustíveis e mais os pedágios espalhados pelo país. Aqui no Canadá pagamos licenciamento e imposto apenas quando compramos o veículo. Nada de taxa anual. Seguro aqui somente um, mas obrigatório. Não existem pedágios e as rodovias são excelentes! Não existe milagre aqui, mas sim boa gestão dos recursos!

Esses para mim são os principais pontos que me fizeram decidir continuar minha vida aqui no Canadá. Mais uma vez volto a dizer que adoro meu país Brasil, o povo brasileiro tem inúmeras qualidades mas muito dos pontos que citei acredito que estão “enraizados” na cultura da grande maioria do povo.

Você que mora fora, concorda? Quais pontos vocês consideraram ao avaliar uma mudança de país?

Abraço!

Executivo Investidor

13 comentários sobre “O que NÃO sinto falta do Brasil

  1. Olá EI,

    Concordo com tudo o que você descreveu. Esse negócio de atrasar em compromissos me deixa louco. kkkkkkkk.Eu gosto de chegar na hora certa, mas o pessoal aqui não respeita horários. Isso me dá muita raiva.

    Aqui ricos e empresários também são mal vistos. Isso é um mal do brasileiro.

    Abraços!

    Curtido por 1 pessoa

    1. executivoinvestidor

      Exato Cowboy! Brasil aqui está na lista negra de lavagem de dinheiro, tive que levantar um monte de documentação aqui para mostrar origem dos recursos que transferi para cá! Triste isso…

      Abraço.

      Curtir

  2. Sr IF365

    Minha lua de mel com o Brasil ainda está durando… talvez eu esteja tão traumatizado com a vida no Oriente Médio que as coisas por aqui ainda não me incomodam. Mas algo que vc não mencionou e me chama a atenção é a de como tudo aqui está largado, vou todas as manhãs caminhar no parque da cidade e noto o total descaso da prefeitura com a conservação do lugar, parece que por aqui basta construir e depois deixa a deus dará, nem uma mão de tinta noque está precisando eles estão dispostos a dar mais. Isso vale para as ruas, prédios públicos, faixadas de casas, etc… Acho que o brasileiro aprendeu mais ou menos a não jogar lixo no chão mas agora falta aprender a conservar o local em que vive.

    Sr.IF
    http://www.srif365.com

    Curtido por 1 pessoa

    1. executivoinvestidor

      A Sra Executiva esteve no Brasil recentemente e me disse mesmo sobre o descaso em relação a manutenção de ruas, calçadas e parques na cidade dos pais dela. Isso acho que é um problema crônico das cidades/estados de não manter as coisas apenas concertar ( e quando já estão prestes a ruir, vide exemplo do viaduto em SP. O custo de manter prova ser bem menor do que o de concertar além de trazer um bem estar melhor para a população pois nada melhor que ter ruas e parques limpos e conservados, fachadas sem pichação, etc. Mas aqui entra a falta de compromisso com a gestão do dinheiro público.
      Aproveite seus dias aí SrIF! Apesar de tudo adoro nossa cidade! rsrsrs… devo ir visitar meus pais ano que vem!
      Abraço!

      Curtir

    2. ABM

      Concordo totalmente com essa questão. Boa parte dos espaços públicos no Brasil estão com a sensação de abandono e descaso. Nao sei se É a insegurança que faz com que as pessoas optem pelos condomínios e shoppings e o poder público não priorize. Os parques para crianças pararam no tempo… brinquedos antigos e pouco seguros. Vejo que nao é só renda, pois conheço muitos países com renda per capita até mais baixa que a do Brasil e os espaços público são excelentes: limpos, bem cuidados e seguros.

      Curtido por 1 pessoa

  3. AA40

    Concordo com todos menos ALTA CARGA TRIBUTARIA. Não sei no Canada mas aqui nesta bosta de EUA o tio san está me tirando até os últimos centavos. Acabei de pagar 5k usd ao IRS por uma LCA que venceu no Brasil (sim aqui eles nao querem saber se é isento no Brasil, aqui não é). Acredita nisso!! PQP !!!!

    Curtido por 1 pessoa

    1. executivoinvestidor

      Caramba AA40! Eu estaria P da vids com certeza! O problema é que os EUA não possuem acordo de não bitributação com o Brasil, o Canadá possui ainda bem!
      Mas quando o que quero dizer na verdade no post é sobre a carga tributária total (não apenas IR). Pegando como exemplo dados de 2017 da OCDE, a carga tributária no Brasil ficou em 32,1%, contra 31,7% do Canadá e apenas 26% nos EUA. Além disso (e mais importante) tem a questão do custo da má gestão pública! Aqui por exemplo com essa carga tributária o governo prove excelente ensino gratuito, saúde gratuita, segurança pública, além de diversos outros serviços. Já no Brasil além de pagar tudo isso de imposto ainda temos que pagar ensino particular, plano de saúde, pedagio nas estradas, segurança (seja seguro, alarme, carro blindado, condômino, etc..). O país com maior carga tributária hoje é Dinamarca (45,9%!!) seguido pela França (45,3%), porém novembro vemos que os recursos efetivamente são utilizados para prover benefícios para a sociedade.
      Abraço!

      Curtir

      1. AA40

        De fato pagamos mais no Brasil nos tributos gerais como pedágio, coisa rara aqui nos EUA e temos ótimas estradas. Porém aqui não temos nada gratuito como no Canadá. Quiser mandar meu filho para facul aqui tem que pagar, precisar de saúde não há SUS para correr (e sim SUS onde eu morava no Brasil salvou vários na minha familia incluso minha mãe então nao tenho como falar mal), não ha posto de saúde aqui nos EUA.
        Segurança é tbm algo relativo, onde morava no Brasil nunca tive nenhum problema e não me sentia inseguro (mas claro que não era Rio de Janeiro).
        Enfim, enfim, acho que seu padrão de vida no Brasil meio que te obrigavam a manter-se um nível acima, mas para um frugal como eu, tava bem tranquilo. Claro que tem coisas muito melhores aqui nos EUA mas ao contrário de 99% dos brasileiros morando aqui, não sou fanático por este país – tlvz por ser um anti-consumista.
        Abcs

        Curtido por 1 pessoa

      2. executivoinvestidor

        Isso é verdade AA40! No estudo da OCDE mostra claramente que enquanto a tributação de consumo (produtos/serviços) nos EUA é baixíssima, a tributação sobre renda é absurda! Também não curto nem um pouco os EUA nem a Sra Executiva.
        Abraço!

        Curtir

  4. Como alguém que mora no Brasil vou correr pra ler o texto sobre as coisas que você sente falta, porque esse aí bateu até uma tristeza, rs!
    Acho que o que mais me incomoda é o jeitinho brasileiro. Viver com essa desconfiança tem um custo muito alto e acho que a sociedade toda paga por isso!
    Um abraço
    Elsa

    Curtido por 1 pessoa

  5. pm

    Tambem moro nos EUA, mas meu objetivo é poupar por alguns anos e voltar para o Brasil. Tenho uma meta financeira e espero alcançar a IF nos proximos anos.

    Os custos de assistencia medica nos EUA são absurdos e é absolutamente inviável se aposentar aqui. Outra coisa é que é uma sociedade extremamente consumista e materialista – vc é medido pelo que tem, nao pelo que é. Isso é uma bosta por si só, e te faz gastar mais do que deveria.

    Apesar de todos os problemas do Brasil, ainda é onde vive a maior parte da minha familia e meus amigos mais proximos. Quem vive fora sabe que é mais dificil fazer amizades e, principalmente, que vc sempre será tratado como um pessoa de segunda classe. Eu tambem morei na Alemanha, e definitvamente nao é uma coisa só dos EUA (acho que na Alemanha era até pior).

    No Brasil vc nao precisa muito para ter um padrao de vida confortável e apesar de muita gente reclamar da carga tributaria, ela nao tao pesada sobre salarios e rendimentos financeiros (ela pesa sim no consumo)

    Curtir

    1. executivoinvestidor

      Ola pm! Por esses motivos (e pelo povo arrogante em sua grande maioria) que não escolhi os EUA. Vejo o Canadá como um ótimo país para se aposentar pela qualidade e custo de vida, além do sistema público de saúde que funciona. Claro que a saudade da família e amigos é grande mas até agora tem valido a pena.
      Em relação a carga tributária você tem razão sobre o peso maior no consumo (o estudo da OCDE mostra bem isso), talvez esse seja um problema para se aposentar no Brasil pois no meu caso minha renda já viria de fontes isentas (FII) porém arcaria com todo o “custo Brasil” nos produtos e serviços. Como exemplo o custo inviável dos planos de saúdes para idosos e remédios. Mas temos que escolher o que nos deixa feliz! Como já falaram ai num comentário passado, a vida é um eterno “trade-off”.
      Abraço!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s